Acordos Diplomáticos – Como estruturar as relações políticas no RPG

Todo reino de fantasia possui leis, regras e, em algumas regiões, um louco que conta histórias proféticas sobre o fim do mundo. Cada região de um cenário de RPG possui uma relação entre si assim como as regiões do mundo real a nível econômico, político e militar. Por este motivo existe muitos tratados e organizações de grade poder e influência para gerenciar todas estas coisas.

Muitos cenários de RPG também possuem reinos e regiões que são aliados entre si, outros que são inimigos mortais por conta de erros do passado e algumas poucas regiões que mantém a neutralidade da melhor forma possível. Pensando nisso, eu listei algumas coisas que podem te ajudar a definir como estruturar a política entre as regiões do seu cenário de RPG. Então, sem mais delongas, vamos nessa que vai ser com à beça!

Pesquise diferentes tipos de governo

Existem mutias formas de governo além de república e monarquia. Olhando para diversas culturas que já existiram no mundo, podemos ver que há inúmeras maneiras de governar uma região tanto baseada nos ideais de seus líderes quanto na cultura construída por algum ancestral. Com isso você tem um leque de possibilidades de governo com base no seu cenário podendo criar algo que seja ficcionalmente real para os personagens que habitam este mundo.

Um exemplo de governo que pode ser utilizado é a Teocracia que é uma governo baseado em uma figura religiosa que toma as decisões pelo povo. Outro exemplo é a Gerontocracia no qual um ancião é quem decide pelo povo. Monarquia, Democracia e Parlamentarismo são comuns no nosso mundo, mas e se uma região fosse comandada apenas por conjuradores? Arcanocracia ou Magiocracia é um exemplo deste tipo de governo que podem existir em um cenário de RPG.

Delimite fronteiras entre territórios

A delimitação de fronteiras ela pode ser forçada ou ela pode acontecer. Em qualquer um dos casos nos quais elas existam, você precisa saber onde um região começa e onde ela termina para que você saiba descrever o tipo de situação que os personagens poderão encontrar ao atravessar cada uma das fronteiras. Os territórios vizinhos convivem em paz? Por acaso há alguma rixa? As estradas são seguras nas áreas próximas da fronteira?

A importância de um fronteira varia de cenário para cenário e também da forma por meio da qual as fronteiras foram construídas. No caso de fronteira delimitadas por meio de acordos bem estruturados entre regiões aliadas, é provável que os moradores possam transitar de uma cidade para outra sem grandes problemas. A pergunta que não quer calar é a seguinte: o que acontece quando as regiões vizinhas não possuem um histórico nem mesmo uma relação amigável?

Defina um histórico de conflitos

Guerras acontecem e moldam o mundo. Sempre haverá um mundo antes e um mundo depois de um conflito entre nações. As guerras da história da humanidade são exemplos de mudanças gigantescas em todo o planeta. Fronteiras foram reajustadas, relações políticas foram definidas, novas organizações foram estruturadas ao passo que algumas forma desmanteladas. Conhecer a história do mundo é uma boa forma de saber quais foram seus conflitos.

Trazendo isso para o RPG, você pode colocar rivalidade entre capitais de um mesmo reino assim como entre reinos distantes que já foram aliados no passado. Imagine uma cidade profanada que agora precisa lidar com o retorno das pessoas que fundaram a cidade que foi a primeira civilização formada no continente. Me parece bastante tenso, mas acontece. Conhecendo as fronteiras e o histórico, é necessário também saber como as pessoas se comportam.

Descreva a tendência local

Existem lugares no mundo que são mais calorosos do que outros quando se trata de estrangeiros assim como existem regiões que são mais bairristas ou conservadoras em relação a homogeneidade entre as pessoas. Isso pode fazer uma região ser mais bem vista do que outra tanto do mundo real quanto na ficção. Então, levando isso em consideração, você pode usar cinco possíveis tendências: Boa, Má, Neutra, Caótica e Leal.

Cada uma fala por si, mas exemplos sempre ajudam a compreender melhor. Uma região boa vai sempre buscar ações justas assim como uma região leal poderá ser rígida apesar de buscar algo maior por meio da ordem. Uma região má pode ser corrupta por utilizar de métodos escusos para conquistar seus objetivos de modo que uma região caótica pode ser conflituosa internamente por conta de disputas dos mais diversos tipos. Entretanto, regiões neutras podem buscar o equilíbrio entre todas as coisas ainda que em alguns momentos a balança pese mais para um lado do que para o outro. Com esta variedade é possível definir, finalmente, os acordos que definem as relações entre as regiões.

Crie acordos públicos e velados

Uma vez definidos todos os tópicos acima, você pode criar os tratados, acordos, pactos ou quaisquer que sejam os documentos que você considere importantes para a história das regiões do seu mundo. Talvez existe um pacto de não agressão a nível público, mas algumas organizações disputam influência a qualquer custo no submundo ou os acordos são apenas verbais e todos possuem ciência do que podem ou não fazer em relação aos vizinhos.

As possibilidades de termos dentro dos acordos políticos, econômicos e militares entre cada uma das regiões do seu universo. Do que uma região é carente que pode adquirir de outra? No que cada região é especializada? Como as coisas podem se encaminhar a partir disso, vai depender tanto dos NPC’s quanto das escolhas dos personagens dos jogadores.

Acordos políticos podem ou não ser relevantes para as aventuras de RPG, mas é importante que as pessoas que forem narrar tenham ciência do que pode ou não acontecer em uma região. É possível que as coisas funcionem melhor para um tipo de aventura ou grupo do que para outro. Isso é algo muito importante para que as coisas tenham um pouco de realidade na ficção, mas o que realmente importa é que os eventos que acontecerem por causa destes tratados sejam divertidos para todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: